Guarujá: Município investe em infraestrutura turística para retomada pós pandemia

 Mirante das Galhetas oferece visão privilegiada da Praia do Tombo e tem como atração principal o piso sky walk, de vidro.

Devido à pandemia do novo coronavírus e às medidas de isolamento social adotada no país, o segmento do turismo acabou sendo um dos mais afetados em todo o mundo. Potência no setor, que é um dos que mais gera empregos na cidade, Guarujá vem realizando diversos investimentos em infraestrutura turística nos últimos anos, que serão cruciais para a retomada econômica após a pandemia na ‘Pérola do Atlântico’, destino de turistas de vários lugares do Brasil e do mundo.

Um dos pontos turísticos de Guarujá que passam por revitalização está o Mirante das Galhetas, localizado entre a Praia das Astúrias e a Praia do Tombo, com previsão de abertura ao público ainda neste ano. O local contará com uma estrutura inédita na Baixada Santista, o chamado piso sky walk, que consiste num piso de vidro suspenso com vista para a Praia do Tombo.

O Mirante também possui um estacionamento na área externa e, ao término das obras, o local será devidamente sinalizado com vagas exclusivas para deficientes e idosos. Financiado pelo Ministério do Turismo, as obras foram retomadas no início de 2020 e estão na fase final.


Mirante da Campina e nova Praça Horácio Lafer

Além dos pontos turísticos que estão passando por revitalização, a Pérola do Atlântico também conta com outros locais que passaram por uma reforma total e já foram entregues à população. São eles o Mirante do Morro da Campina, também conhecido como Morro do Maluf, e a Praça Horácio Lafer, na Praia da Enseada.

No Mirante do Morro da Campina, é possível contemplar toda a extensão da maior praia da Cidade, a da Enseada, com quase seis quilômetros de extensão. Projeto custeado com investimento do Ministério do Turismo, o novo mirante foi inaugurado em junho de 2019 e os investimentos englobaram instalação elétrica, iluminação, guias e sarjetas, pavimentação, estacionamento, passeio púbico, sinalização, guarda-corpo, passarela e paisagismo. No local, é possível praticar rapel e realizar voos de paraglider com empresas licenciadas.

Reurbanizada em 2019, a Praça Horácio Lafer se tornou mais uma opção de lazer e diversão para famílias. De frente para a Praia da Enseada, a praça recebeu piso em mosaico, iluminação, paisagismo, equipamentos de academia ao ar livre, rampas de acessibilidade e playground para as crianças.

As benfeitorias, também com verba do Ministério do Turismo, incluem a retirada das ruínas do antigo palco de concreto que estragou a paisagem do local por cerca de 30 anos. Hoje, a Praça Horácio Lafer conta com um espaço amplo e moderno, se tornando ponto de encontro de famílias e jovens da Cidade.


Aeródromo Civil Metropolitano traz importante incremento ao setor

A cada dia uma realidade mais concreta, o início das operações do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá é a cereja do bolo que o setor turístico regional espera já há algum tempo. Com contrato de gestão assinado no final de maio último, o equipamento está aos cuidados da Infraero, empresa pública nacional com 47 anos de história, uma das principais do ramo no mercado mundial, que administra mais de 50 aeroportos brasileiros, incluindo Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro.

A empresa já iniciou as primeiras intervenções estruturais, com a manutenção do farol rotativo e da biruta, além de roçada na lateral da pista principal, de taxiamento e no pátio de aeronaves. Em conjunto, também está sendo providenciado o registro do aeródromo junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e estão sendo feitas as consultas prévias para licenciamento ambiental por meio da Cetesb.

O acordo entre a Prefeitura de Guarujá e a Infraero conta com três etapas para colocar o Aeródromo em pleno funcionamento. A primeira, em andamento, consiste no registro do espaço junto à ANAC e em obras de recuperação da pista. A segunda é a viabilização de operações de jatos particulares e voos executivos.

Já na terceira etapa, a Prefeitura e a Infraero buscarão recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) para concretizar a operação comercial no local, com a construção de um terminal de passageiros, novos hangares e demais estruturas físicas, possibilitando a implantação de voos comerciais com grandes aeronaves como Airbus 319 e Boeing 737, para os principais destinos do Brasil.

Acesse praias.com e confira nossos imóveis no Guarujá.

 





Mari Gonzalez e Jonas Sulzbach na Riviera de São Lourenço
O casal de influenciadores digitais, a convite da Praias, passaram um tempo longe da cidade grande e conheceram a Riviera de São Lourenço. Hosp...
28/SET
VER MAIS
Pandemia acelera busca por imóveis na Riviera e no Guarujá
O mercado imobiliário vive um bom momento no Brasil.A crise sanitária despertou novos hábitos e necessidades de moradia, como a preferencia por im...
28/SET
VER MAIS
Praias: Imobiliária na Riviera de São Lourenço
A Praias imobiliária atua no mercado desde 1962. Com características inovadoras, traçou uma história de trabalho e respeito, baseado em simpatia...
22/SET
VER MAIS