Infraero assume operação do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá

Gigante do mercado aeroportuário mundial vai providenciar registro do equipamento na Anac e recuperação da pista; primeiros voos devem ocorrer em seis meses

Uma das maiores operadoras aeroportuárias do mundo, a Infraero, assumiu a gestão e operação do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá. A apresentação da parceria foi feita dia 30 de maio, em coletiva que contou com a presença de João Márcio Jordão, superintendente da empresa no Aeroporto de Congonhas.

 

A Empresa Pública Nacional firmou compromisso com a Prefeitura de Guarujá por um ano. De imediato, a companhia iniciará o registro do equipamento na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

Outros membros da Infraero também participaram da divulgação do acordo via videoconferência, como exemplo, Francisco Nunes, superintendente de novos negócios, Ezequiel Ferreira, gerente de prospecção de novos negócios, e Adriana Lopes Ramos, que será a superintendente do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá. Ela traz consigo a expertise adquirida na gestão do Aeroporto Santa Dumont, no Rio de Janeiro.

Com essa decisão, fica revogada a concorrência pública 05/2019, que tinha como objeto a concessão da construção, exploração e manutenção do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá, na Base Aérea de Santos, no Distrito de Vicente de Carvalho. O despacho de revogação foi publicado dia 29 de Maio.

Assim, o aeródromo fica sob controle do e com a gestão e operação aos cuidados da Infraero, que será uma prestadora de serviços e o trabalho será dividido em três fases.

Na primeira, além de registrar o espaço junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), a empresa fará uma obra de recuperação da pista, que possui 1.390 metros de extensão, a fim de que esteja pronta para receber as primeiras aeronaves.

Na segunda fase, já será viável a operação de jatos particulares e voos executivos, com aeronaves de médio porte. Isso deverá ser concretizado dentro de seis meses.

Já na terceira fase, a Prefeitura e a Infraero se unirão para buscar recursos, junto ao Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), para concretizar a operação comercial no local, com a construção de um terminal de passageiros, novos hangares e demais estruturas físicas, possibilitando a implantação de voos comerciais com grandes aeronaves como Airbus 319 e 320 e Boeing 737 e 747, para os principais destinos do Brasil.

As tratativas entre Prefeitura de Guarujá e Infraero começaram no início deste ano, quando a empresa demonstrou interesse no projeto da cidade, chegando a fazer um contato formal, via Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Portuário (Sedep), mesmo com a concorrência pública ainda estando vigente.

Atualmente, a Infraero administra 55 aeroportos em todo o Brasil. São mais de 100 milhões de passageiros transportados ao ano, representando cerca de 60% do movimento aéreo no País.

 ‘Pró-Guarujá’

É este o nome do plano de retomada da economia da Cidade e que tem como carro-chefe a implantação do Aeródromo Civil Metropolitano de Guarujá para indução da indústria do turismo, importante pilar da recuperação.

 

A estratégia de como será o processo de reabertura gradual do comércio foi apresentada dia 30 de maio. Isso após o Governo do Estado reclassificar a Baixada Santista no ‘Plano São Paulo’ na fase laranja. Em Guarujá, devem ser liberados a abrir os shoppings centers, comércios de rua e atividades similares.

A partir da primeira semana de Junho, as associações de shoppings e comércio em geral devem apresentar à Prefeitura um plano de reabertura, que deve coincidir com todas as exigências de limpeza, higiene e distanciamento social exigidas pelo decreto nº 13.610, já vigente na cidade desde 21 de abril, e atender às diretrizes colocadas pelo plano estadual.

A Praias Imobiliária está preparada, todos os profissionais estão orientados a seguir as recomendações de prevenção à COVID-19. Os atendimentos e processos estão sendo agendados pelo nosso WhatsApp: (13) 3398-4000. Clique aqui para fazer seu agendamento.





Mari Gonzalez e Jonas Sulzbach na Riviera de São Lourenço
O casal de influenciadores digitais, a convite da Praias, passaram um tempo longe da cidade grande e conheceram a Riviera de São Lourenço. Hosp...
28/SET
VER MAIS
Pandemia acelera busca por imóveis na Riviera e no Guarujá
O mercado imobiliário vive um bom momento no Brasil.A crise sanitária despertou novos hábitos e necessidades de moradia, como a preferencia por im...
28/SET
VER MAIS
Praias: Imobiliária na Riviera de São Lourenço
A Praias imobiliária atua no mercado desde 1962. Com características inovadoras, traçou uma história de trabalho e respeito, baseado em simpatia...
22/SET
VER MAIS